Fio de Ariadne: Preto e branco

01 maio 2013

Preto e branco



A aquarela está incompleta. Perdi meus gizes de cera. Ou alguém os teria levado? Não sei. Pouco importa. Restam apenas o preto e o branco dos contornos. Parei de desenhar. Vai ficar assim mesmo. Incompleto. Sem cor e sem fim. Um desenho à toa, de quem não tem mais o que criar. Não tem colorido. Não tem inspiração. Não tem nem personagem pra desenhar. Sem cor e sem sal. Um desenho bobo, de quem não tem chaminé pra colocar na casa, nem flores pra enfeitar o jardim. Sumiram as cores mais queridas, as mais repetidas, as que seriam traçadas com mais alegria. Sem cor e sem gosto. Um desenho safado, de quem não tem mais o que dizer. Não tem história, não tem emoção, nem trilha sonora. Um desenho e só. Sem cor e sem alma. Um desenho sem mim.

Nenhum comentário :