Fio de Ariadne: Pés calejados, novos caminhos

13 julho 2012

Pés calejados, novos caminhos




Depois de algum tempo de caminhada, os pés estavam cheios de calos. Cada um trazia uma história, cada um doía diferente. Mas todos doíam. Estranho no momento de trilhar um novo caminho. Complicado explicar na hora de calçar um sapato novo. Difícil não ter medo de se machucar mais uma vez, ganhar mais um calo, em um pé pequenino, que já não suporta mais.

A vida continua, é certo. Os caminhos ainda são muitos, longos, variados. Mesmo que doloridos, os tais pezinhos precisam seguir. Vão tateando o espaço, sentindo o terreno. Atitude difícil essa de abandonar o velho e confortável tênis, onde os calos já se encaixavam, onde os pés já se entendiam.

Recomeçar uma caminhada é sempre um desafio. Merece tempo, paciência. Pra aprender o caminho, pra respirar os novos ares, pra entender o porque de prosseguir. Devagarinho os pés se reencontram, ganham firmeza e confiança, perdem o medo dos obstáculos e das armadilhas. Dali a pouco, dançam na pista.

Um comentário :

Talita Cruz disse...

Oi Ariadne, td bem? Passando para deixar um beijo e dizer que sempre venho aqui ler os seus lindos textos. Poste mais! Seus fãs agradecem :)