Fio de Ariadne: Maio 2011

06 maio 2011

Nota sobre meu sumiço


Perdoem-me o sumiço. Este ano tive que trocar a filosofia pelo pragmatismo. Não que eu tenha deixado de ser eu mesma e olhar o mundo com os olhos curiosos de uma criança. É que neste momento a vida me exige outros olhares. Isso não é ruim. Apenas rouba meu tempo. De qualquer maneira, me obriga a usá-lo para aprender e descobrir novas capacidades. Sou a mesma de sempre, passando por um upgrade da vida. Minha essência está e sempre esteve lá. Talvez mantê-la no lugar certo, em meio a tanta informação, seja meu grande desafio. Assim, vou seguindo, um pouco longe do blog, mas trabalhando para estar a cada vez mais firme no propósito que me fez buscar refúgio aqui. Nos vemos na estrada. ;)