Fio de Ariadne: Túnel musical

09 junho 2010

Túnel musical


Coloquei o CD pra tocar. Era um CD das antigas, daqueles que quase furam de tanto rodar. A cada nota, um passo no túnel do tempo. Há anos não ouvia aquelas canções. Incrível como as músicas têm o poder de nos remeter ao passado de uma forma tão absurda. É quase possível sentir novamente os cheiros, as sensações, ouvir as vozes. Foi um CD que marcou época. Trilha sonora suave e despretensiosa de um momento peculiar.

Adoro as músicas e o poder que elas têm. Ouvi-las é como ser telespectador da própria vida. Fundo sonoro de um filme antigo (ou nem tanto) em 3D, com uma função pra lá de avançada: a de nos fazer sentir tudo de novo. Fechei os olhos e me entreguei àquele momento, que já não era o hoje, mas o ontem perdido no calendário. Fui, por algumas músicas, a menina sonhadora de sete, oito anos atrás. Como ela, fiz planos, tive medos, chorei, gargalhei, fiz charme para o moço do prédio, esbravejei com o colega mala, aprendi coisas novas, fiz amigos, me apaixonei. Tudo de novo. Com o mesmo sentimento de menina, com a mesma imaturidade que hoje acho bonita porque era espontânea.

O CD rodou inteiro e, ao final, inteira também estava eu. Plena pela ideia clara de passado, presente e futuro. São peças de um quebra-cabeças que Deus tem prazer em montar. A menina de sete anos atrás era eu. Igual e, ao mesmo tempo, tão diferente. Acho que ela não imaginava que seria observada tão intimamente anos depois. Sorte que tenha boas histórias para mostrar.

2 comentários :

Lis disse...

Uma das maiores magias da vida é o entendimento de que estamos em constante mutação. Somos os mesmos tão diferentes a cada dia! Lis Xavier

Talita Cruz disse...

Eu tb adoro o poder que a música tem de nos levar de volta a momentos tão bons de nossas vidas...e é muito bom tb observar quais foram as mudanças, mesmo que elas tenham sido ruins, afinal, isso é a vida...