Fio de Ariadne: Em que espelho ficou perdida minha porção Cecília?

05 maio 2010

Em que espelho ficou perdida minha porção Cecília?


Em que papel ficou perdida minha poesia?
Para onde enviei minhas dores,
minhas agonias?
Terão morrido sufocadas,
asfixiadas dentro do peito,
sem caderno, sem caneta,
sem um poema sequer
que as acolhesse?

Em que mundo terá ficado minha inspiração?
Terá secado, tal qual solo nordestino,
a lembrar minhas origens,
meu passado ancestral?

Bela poeta de meia tigela!
Que se deixou perder
antes mesmo de completar
meia dúzia de leads mal feitos.

Nenhum comentário :