Fio de Ariadne: Um pulinho no futuro

06 abril 2010

Um pulinho no futuro


Quem assiste o seriado norte-americano Lost sabe que nas últimas temporadas é comum aparecerem os flash fowards, cenas que remetem ao futuro dos personagens. Curioso é quando isso acontece na vida real. Vivi um flash foward outro dia. Uma experiência estranha, eu diria, mas bem interessante. Foi uma sensação nítida de estar vivendo algo que (ainda) não aconteceu. Loucura? Talvez. Foi um momento tão breve, no entanto, e tão real que não acho justo classificá-lo como falta de lucidez. Foi como dar um pulinho no futuro e voltar.

Talvez tenha sido apenas resultado de um desejo tão forte que se realizou em forma de sentimento. Ou então (por que não?) tenha sido mesmo um presente de Deus, a dádiva de conhecer um pouco do futuro antes de vivê-lo. Muito provavelmente porque Deus conhece meus anseios e sabe o quanto não saber o que me aguarda, por muitas vezes, me aflige. Às vezes acho mesmo que o tempo dá seus tiltes, alguma falha na "matrix".

Seja qual for o motivo e haja o que houver de real nisso tudo, foi uma sensação única. E a vida é um conjunto de sensações. Antes de seres sociais, somos seres sensitivos, no sentido mais concreto da palavra. Encontrar explicações para tudo é impossível e, acho essa busca, sinceramente, uma perda de energia. Os melhores lances da vida, como o meu flash foward, dispensam, absolutamente, quaisquer explicações.

4 comentários :

Anônimo disse...

Oi amiga! Adorei vc ter visitado o blog dos meninos .. aí vim retribuir a visita ...
Adorei o texto ... Também já aconteceu comigo algumas vezes e acho que essa sensação é realmente estranha e ao mesmo tempo boa ...
Saudades de você amiga! Beijos! Velise

Renata Magalhães disse...

As incertezas da vida também me afligem, mas creio na ação do tempo e espero que o melhor sempre me alcance e me preencha. Texto muito bom, palavras bem articuladas, tema interessante e que percorre todo e qualquer ser humano. Abraço!

Leonardo Xavier disse...

Eu tou me programando para ir lá essa semana. Eu espero não ter nenhum tipo de reação.

^^

Talita Cruz disse...

Olá!
Estava no blog do Duda Rangel e resolvi dar uma passadinha aqui no seu...:)

Eu tomei a vacina e não senti absolutamente nada, mas muitas pessoas que eu conheço tb tiveram reação. Me senti até um pouco excluída..rsrs.

Mas também acho importante a vacinação, se podemos prevenir, pq não? É melhor do que remediar.

Curti muito o seu blog, pretendo voltar mais vezes..bjss