Fio de Ariadne: Dos nossos carmas

02 março 2010

Dos nossos carmas

"Mulher é um bicho esquisito, todo mês sangra"
Rita Lee/Roberto Carvalho



Sumi eu sei. Mas a culpa é toda dela, da TPM. Não sei pra quê ela existe. E não sei porque, ora bolas, os homens se safaram dessa. Algo cármico, acredito. Sim, porque se, nós mulheres, passamos por essa quase tortura todos os meses e isso não nos render sequer uns chamuscados no tal do carma, é uma puta sacanagem. Que O lá de cima me perdoe, não gosto de questionar as coisas de Deus, mas confesso que tenho dificuldade em compreender algumas delas. Não tenho problemas em admitir minhas limitações humanas.

Se você é homem, tente entender. Se é mulher, identifique-se. Ela, a TPM, varia de uma mulher para outra. Algumas sortudas (dentre as quais, eu definitivamente não estou) não apresentam sintomas. É coisa pouca, porcentagem pequena, que não vou checar porque aqui, afinal, não preciso ser jornalisticamente correta (mania chata de jornalista essa de querer arranjar números e fontes oficiais pra tudo).

Quem não tem a felicidade de se enquadrar no seleto grupo de mulheres livres da TPM, tem que conviver com a dita e torcer pra estar entre outro grupo: o de quem tem sintomas brandos e consegue vê-la como a prima “pelinha” que aparece de vez em quando.Chata, mas dá para aturar. Agora, àquelas que não estão nem num grupo nem noutro, resta jogar o jogo do contente e acreditar que um dia, nem que seja ganhando um pouco mais de elevação espiritual, isso vai ser recompensado.

No mais, é tentar conviver numa boa, como a gente convive com parente chato, vizinho fofoqueiro, chefe autoritário, colega invejosa. Às vezes dá vontade de pirar e descer do salto, mas a gente respira fundo e vai levando. Imagine você, homem, o que é ter que estar linda e fina, enquanto o inchaço te dá uma barriga de cinco meses e um sutiã 56? Ou ter que fazer seu trabalho, como se fosse um dia qualquer, enquanto sua cabeça lateja uma dor que um remedinho comum não resolve? E ter que ser simpático, quando está a fim de se juntar ao Osama e explodir o mundo? Nada pior.

É, caro amigo, lembre-se desses detalhes na próxima vez que achar que sua namorada ou mulher está estressada à toa. Aliás, vale uma dica: nunca, jamais, em hipótese alguma, diga a ela que ela está “estressada à toa”. “Você está de TPM?” também é uma pergunta proibida. Normalmente, ela vai estar mesmo, mas isso não é pergunta que se faça. Diga-se de passagem que ela tem considerável poder potencializador da TPM. Ouça-me: não faça essa pergunta.

A boa notícia é que o que parece interminável um dia termina. Ê, sinal vermelho que é bem-vindo! Nos dias que restam (em alguns casos, são poucos), nós continuamos doces, lindas, competentes, inspiradas e - isso é sempre! – cheias de vontades. Afinal, vocês hão de convir que, se as mulheres carregam o carma da TPM, alguma penitência teria de sobrar para os homens. E, se você está questionando o que eu disse, melhor não contrariar: estou naqueles dias!

Nenhum comentário :